sexta-feira, 24 de setembro de 2010

Ao "Querido" Sr. Presidente

Sr. Presidente,

Querido Presidente, já parou alguns instantes para olhar o país a sua volta? Já parou para observar cada canto dessas cidades? Em cada canto existe um olhar perdido precisando de ajuda, e você já se mobilizou com isso? Já se mobilizou realmente, não apenas para mostrar que o fez. Já sentiu a dor que esses olhares sentem? Como você dorme a noite? Como você anda com a cabeça erguida? Querido Sr. Presidente, você nunca daria uma volta comigo... Daria? Andaria ao meu lado pelas ruas de uma cidade qualquer olhando para todos os lados sem ter o mesmo sorriso no rosto de quando passa como um político que não quer perder os teus eleitores? Deixando que o teu coração, há muito deixado de lado, o fizesse sentir na pele as dores do teu povo? Sim, é o teu povo Querido Presidente, esse povo que o colocou aí onde está agora e você os largou a deriva de todas as coisas ruins que estão aí?
Já saiu alguma vez da tua caverna cheia de ouro e olhou para todas as pessoas abandonadas nas ruas? Principalmente as crianças; já olhou para elas Senhor? Já olhou para os adolescentes usando drogas, se prostituindo, tudo bem embaixo dos teus olhos, você já parou para observá-los por um só minuto? Já pensou em como você tem mil e uma maneiras de ajudá-los, de tirá-los de lá e colocá-los em um lugar muito melhor? Você pode fazer o possível para melhorar a vida desses adolescentes, já pensou nisso por algum instante?
Você está acostumado com todos que se calam diante o que você faz ou deixa de fazer não é mesmo? E se algum dia as pessoas realmente acordassem e começassem a expressar tamanha indignação com tantos problemas, cheios de soluções possíveis, mas que não são solucionados por... Por causa de que?
São tantas dúvidas como você pode ver Sr. Presidente, tantas dúvidas seguidas de certezas da falta de um sim dentre todas elas, o seu dinheiro tem destinos que pra você é melhor não é mesmo? Não posso culpá-lo por pensar em você, mas antes de fazer isso poderia ter pensado em não fazer com que todos acreditassem que agora iria pensar em todo um povo não é mesmo? Já ouviu falar em dignidade? Em confiança? Em honestidade? Foi tudo isso que fez teu povo acreditar que havia em você, e você? Os enganou não é mesmo? Grande batalha vencida Senhor, venceu todos os tolos que em ti confiaram esse país inteiro.
Tantas perguntas, tantas dúvidas, tantas questões, para que? Por nada, porque embora não queira aceitar isso, eu sei de todas as respostas de cada pergunta feita, mas por fim, já ouviu falar em esperança? Pois é ela quem me faz acreditar nesse Brasil todos os dias, e acreditar que independente de quem quer que esteja aí ocupando esse lugar, um dia, a resposta de todas essas perguntas, irá mudar, e então veremos a diferença completamente nítida em nossos olhos.


Com total indignação,
Teu "povo".

6 escreveram aqui:

mudandopordentro disse...

Nooooooossa você disse tudo, essa é a trágica realidade desse país, por fim, tomara que um dia ele mude, tomara!
amei demais *-*
seguindo!

Gabriela disse...

politica....sem comentarios.

fernandaferrari disse...

De fato!Devemos cobrar do presidente muitas coisas,mas também devemos lembra que não é só dele as decisões...Os senadores por exemplo votam na aprovação de diversas leis..logo o correto é votar de maneira conciênte para que os poderes dos representantes do legislativo nos benificie

Franciele Valadão disse...

Uau! Disse tudo e mais um pouco! Séria ótimo se ele lesse sua carta. ;D

Naty Araújo disse...

Nooooooooossa... vc foi demais.
Adorei a sua carta.

Ficou show, sério!

Bjos

Letícia disse...

Nossa, amei! É isso mesmo! Bom seria se todos tivessemos coragem pra dizer essas coisas. Muito bem!

Postar um comentário

Opiniões, elogios e críticas construtivas, são sempre bem-vindas.
Se vier com xingamentos o seu comentário nem irá ser aceito -dik
Não comente "Lindo", "Parabéns!", "Bom!", e coisas do tipo, tenha a dignidade de ler o texto e fazer um comentário decente, por favor!
Voltem sempre ;D