quarta-feira, 6 de outubro de 2010

DMES

A veces, nuestros sueños caen al suelo como pedacitos de estrellas que poco a poco se apagan, nuestro corazón llora en silencio y cuando las lágrimas caen, hielan todo el cuerpo, y el corazón de tanto amar se convierte en hielo para no sufrir más, para ya no llorar. Pero se volteas al cielo, te darás cuenta que quedan millones de estrellas y cada una es un sueño por cumplir, y la fuerza en tu interior derretirá el hielo en tu corazón. Solo nunca dejes de creer, porque el amor y tus sueños son la única puerta hacia la eternidad.






Dulce Maria Espinosa Saviñón em "Dulce Amargo", os poemas dela são muito perfeitos, todos, sem exceção nenhuma, mas esse em especial, particularmente, é muito lindo.

3 escreveram aqui:

Natália disse...

tão bonitinho *--* :D beijo

Gêsa disse...

Deves sempre acreditar que o amor poderá derreter o gelo, deve sempre acreditar que algo maior, algo encantador, que o amor pode mesmo nos dar todos essas estrelas.

Isabela Branco disse...

bonitinho *u*

Postar um comentário

Opiniões, elogios e críticas construtivas, são sempre bem-vindas.
Se vier com xingamentos o seu comentário nem irá ser aceito -dik
Não comente "Lindo", "Parabéns!", "Bom!", e coisas do tipo, tenha a dignidade de ler o texto e fazer um comentário decente, por favor!
Voltem sempre ;D