quinta-feira, 22 de julho de 2010

Afinal, se discute ou não?

Na teoria, com toda certeza, gosto não se discute, mas na prática... As coisas não são bem assim não é verdade? Mas também não é verdade que devemos respeitar os gostos de cada pessoa independente se nos agrada ou não? Claro, é bem verdade, mas então porque isso não acontece? São muitas perguntas para poucas respostas não é?
Mas quem somos nós para julgar quem o faz? Quem nunca se “revoltou” pelo gosto de outra pessoa? Se disser que não, estará mentindo, porque pode ter sido em uma coisa muito pequena, mas que já julgaram alguém por seus gostos, já fizeram sim.
Como disse, eu não sou uma exceção desse todo que já julgou, eu já julguei, já ri, já discuti, no entanto, eu realmente acho isso muito errado, até porque eu nunca gostei quando julgaram os meus gostos; e acredito que esse tal gosto discutível se deve em sua maioria à música, estou errada? A meu ver, as pessoas discutem mais seus gostos musicais do que outras coisas, e por quê? Se você não gosta de pagode, por que outra pessoa não pode gostar? Se você acha o Justin Bieber uma criança que não sabe cantar, porque outra pessoa não pode achar ele lindo e que ele canta super bem? Mas, nós julgamos, mesmo sendo errado, não queremos ver pessoas que nos rodeiam gostando do que não suportamos, não é assim? E então, mais uma pergunta, e o respeito? É ruim falar, mas ele se extingue nessas horas, simplesmente agimos por conta do que nós gostamos e esquecemos que outros têm total liberdade de gostar do que quiserem.
Agora vamos a um “exercício de reflexão”, se você gosta muito de uma banda, de um ator, ou do que seja, e alguém, chega pra você e diz que não gosta dessa banda, ator, etc. e fala um monte, você iria gostar? Acredito que não certo? Por fim, isso acabaria numa discussão totalmente sem fim, sem dúvidas, porque ninguém iria ceder; então, diante disso, por que nós então fazemos o mesmo com outra pessoa? Por que julgamos o que as pessoas gostam, e muitas vezes discutimos isso, quando nos irritamos e até mesmo nos chateamos quando fazem isso com a gente? Por que insistimos em fazer com o outro o que não gostamos quando fazem com a gente?



Não vou fazer uma “conclusão” desse texto, eu deixo a critério de vocês tal “exercício de reflexão”, pensem nisso, muitas coisas poderiam ser melhores se antes de fazermos algo, pensássemos ou ao menos nos colocássemos no lugar da outra pessoa .-.

11 escreveram aqui:

Noemy Villas Bôas / Juliana Salvarani / Diogo Vilches disse...

Lindonaaaa, vai ter sorteio no meu blog, quer participar? só deixar um comentário no post do sorteio!

Boa sorte!!

Beijão!

Gabis Morgante disse...

Eu acho que não se deve discutir gosto, mas claro sempre acaba havendo uma brincadeira, agora essa 'brincadeira' nunca deve se tornar coisa mais séria, ainda mais se o gosto for de um amigo nosso.

Agora eu acho muito tenso falar disso, porque, afinal o que gostamos e com quem andamos, mostra um pouco do que agente é para outras pessoas que não conhecem agente bem.

Gostei do post!
Beijos!

Ana Lu disse...

Realmente um dos grandes problemas de se viver em sociedade é que as pessoas não aprender de uma vez por todas que não devem fazer com os outros aquilo que não querem que façam com elas..
Brigar por causa de gosto, ou julgar o gosto alheio, é uma completa perda de tempo. Podemos não gostar, e até falar mal, mas jamais se indispor com alguém por causa disso.
=]
Bjoss

A! disse...

A verdade é que prática e teoria são coisas totalmente distintas, infelizmente.

O mundo de cada um disse...

O final do seu texto você disse tudo.

Natália disse...

Nada é igual. bj

Thizi disse...

o negocio é que todo mundo quer defender seu ponto de visto, pq acha que ele correto demais.

Jaquellinee disse...

Olá Christiane,bom vo dar minha opinião soubre seus post,aco contrário do que vc diz nele as pessoas não julgam só os gostos musicais,em primeiro lugar na minha opinião,as pessoas jugam,eu mesma já julguei os estilos de vida,tipo antigamente a moda era "EMO" e havia e ainda há preconceitos sobre essas pessoas,claaro tem pessoas q gostam mas de uns tempos pra cá virou modinha eles só se vestem como emos e não seguem a tribo,já nos dias de hoje a modinha são os "coloridos",as pessoas se vestem conforme está sendo lançando as roupas,estilos e muito mais na midia e isso acaba tirando a sua personalidade,claro vc se veste do jeito que quiser,ontem foi emo,hoje coloridos e amanhã?Toda vez q sair algo novo na midia as pessoas vão mudando de estilo e assim se tornando pessoas se personalidade,sem o seu próprio estilo de vida.Bom por gostar muito de seu blog estou seguindo...fiz o meu a 2 dias atrás e nele escreve meus pensamentos,sentimentos,coisas do ontem e do hoje,poesias de minha autoria,enfim to gritando ao mundo atrasvez do meu blog coisas q eu sempre guardei em mim,mas q hoje já não consigo mais deixar de me expressar,gostaria que desse uma olhada se gostar me siga,comente sobre o q achou,aceito criticas,elogios,sugestões e Obrigada deste já

Isabela Branco disse...

engraçado é que sempre começa com uma brincadeira, mas o final é sempre sério. Sei lá às vezes eu penso porque é tão difícil aceitar o outro?

Sandro Batista disse...

Realmente temos que respeitar a opinião alheia, afinal o gosto de cada um pertence somente a ela. O que acontece, é que as pessoas, algumas, além de gostarem de algo, querem impor seu gosto a outrem, e pior, ridicularizar o gosto alheio. Muitas pessoas, "se acham" porque gostam disso ou daquilo, enquanto outras não, e acham, em seu mudinho totalmente restrito de gostos, que aquele mundo é o real, sem perceber, que o bom de gostar ou não de algo, é estar aberto a novos gostos... Pessoas assim, na minha opinião, são limitadas. Não tem culpa de não conseguirem gostar de outra coisa... É pura questão de limitação mesmo! Os grandes nomes, seja de qualquer coisa, tem como característica principal o gosto variado... Todos nós temos que aprender um pouco cada vez mais, e não ficarmos presos a paradigmas, e escravos até de nossos próprios gostos...

Abração

http://estacaoprimeiradosamba.blogspot.com/

Iana Ferreira disse...

Concordo com a Thizi o négocio é que todo mundo quer defender seu ponto de visto.

Postar um comentário

Opiniões, elogios e críticas construtivas, são sempre bem-vindas.
Se vier com xingamentos o seu comentário nem irá ser aceito -dik
Não comente "Lindo", "Parabéns!", "Bom!", e coisas do tipo, tenha a dignidade de ler o texto e fazer um comentário decente, por favor!
Voltem sempre ;D