domingo, 18 de julho de 2010

Amor ou ódio?

Amor ou ódio? Afinal, qual é a diferença? Eu respondo... A diferença do amor e do ódio é que por ódio você mata... Por amor você morre! Isso soa tão forte não? Você mataria se sentisse muito ódio de alguém? Eu não mataria! Mas, eu morreria por amor; acredito que seja muito mais provável morrer por amor, do que matar por ódio, se sente mais intensamente o amor, o amor é um sentimento tão mais forte, mas... Esse intenso amor pode se transformar em ódio não? Logo, esse amor tão intenso se tornará um ódio intenso? Deus, que dilema!
Dizem que amor e ódio andam lado a lado, que quando se ama demais e se é magoado, todo amor vira ódio, será isso verdade?
Particularmente, eu nunca senti ódio de ninguém, sim, isso é verdade, até porque eu acho o ódio um sentimento tão traidor, ele mata a nós mesmos enquanto a pessoa por quem nós temos esse sentimento, simplesmente não se importa com isso, ainda mais matar por ódio? Não, isso seria terrível. No entanto eu já amei demais, já fui magoada demais, e isso sim, mágoa seria o certo para dizer que senti, e se isso me fosse questionado há alguns meses atrás, eu afirmaria com certeza que não morreria por amor, mas agora... Agora isso é totalmente contrário, a minha certeza me faz afirmar que eu morreria por amor, afinal, do que adiantaria viver sem a pessoa que é a tua vida? Isso ficou contraditório, não tem como viver sem sua vida certo? É, acho que sim, logo eu morreria por amor, porque o meu amor, é a minha vida, e sem a minha vida, não teria como e nem mesmo haveria sentido em viver.
E quanto ao ódio? Eu não vou dizer que nunca sentirei tal sentimento, apenas posso dizer que não o senti até então e nem quero, mas infelizmente sentimentos não dependem de vontade, eles apenas surgem de qualquer lugar dentro de nós e nos surpreendem, às vezes de um jeito bom, outros nem tanto, mas sei que assim como o amor o ódio é uma coisa completamente incontrolável que te faz agir por impulso e sem pensar, mas nem sempre irracionalmente, eu acho que estou falando besteira, eu não conheço o ódio, como posso falar dele? Eu não quero conhecê-lo, tampouco falar dele, o deixemos de lado então.
Amor? É, eu gosto do amor... Ele nos mata e nos faz continuar vivendo, assim como diria Mário QuintanaÉ tão bom morrer de amor e continuar vivendo”. Eu estou morrendo de amores, mas por você eu literalmente morreria.

7 escreveram aqui:

Isabela Branco disse...

awwwwn que lindo, esse já eé o meu preferido rs*

Thizi disse...

morrer por amor é idiotico, matar por odio é pura loucura

- уαsmin sales disse...

lindo, lindo mesmo *-*
o amor e o ódio, são sentimentos muitos profundos.
o amor é algo tão magnífico, é uma pena que muitas pessoas não dão valor.
parabéns pelo belo texto e pela sinceridade que você transmite através de seus textos.
beijos

Indira disse...

Texto legal.
Acho essa coisa de ódio muito forte,sabe?E acredito que não vale a pena cultivar esse tipo de sentimento.Da mesma forma,também não acredito que morrer por amor seja uma boa ideia.rsrs

Beijobeijo

Indira

Vaunei Guimarães disse...

bom...bom..bom...gostei...passarei por akew mais vezes!

http://vauneiguimaraes.blogspot.com/

Gabriela Mendonça! disse...

Nossa, lindo. Sempre gosto de ler, quando o assunto é sobre esses dois sentimentos (:
Algo tão difícil de se entender. Tão complicado! E isso, porque são coisas que estão sempre com a gente, enquanto vivemos.
Amei seu texto *--*

Suzana disse...

Nossa... Muuuito Legal esse texto! mto bom mesmoo!!

Passa la n meeu!
http://suzanaaferreira.blogspot.com/

Postar um comentário

Opiniões, elogios e críticas construtivas, são sempre bem-vindas.
Se vier com xingamentos o seu comentário nem irá ser aceito -dik
Não comente "Lindo", "Parabéns!", "Bom!", e coisas do tipo, tenha a dignidade de ler o texto e fazer um comentário decente, por favor!
Voltem sempre ;D