domingo, 18 de julho de 2010

Confusão

O tempo parece passar rápido demais, as coisas mudam numa freqüência que eu custo a conseguir acompanhar, é difícil, mas não depende muito da minha vontade, e essa história de querer voltar no tempo é tão desnecessária, faz com que deixemos de aproveitar o presente, mas eu não quero deixar de aproveitar o agora, mas jamais esqueceria o meu passado, que ainda é meu presente, eu jamais me esqueceria de você, que fez parte de muitos momentos marcantes da minha vida, 13 anos de amizade, isso não é pra qualquer um não é mesmo? Mas, tanto tempo tem uma explicação, a amizade é um amor que nunca morre, talvez seja essa a única explicação cabível para que nem mesmo os momentos ruins tenham feito com que a amizade viesse a acabar.
Os momentos ruins? Sim, esses eu quero esquecer, não quero guardar no meu coração as vezes que nós tivemos que ficar longe um do outro por coisas fúteis demais, mas que não pudemos ver no momento, as coisas realmente já não são como eram antes, afinal, as coisas sofrem mutação a cada dia que passa, mas eu não sei o que faria sem você, embora tudo esteja diferente, eu não poderia me esquecer do quão importante foi na minha vida, de quantas vezes me fez rir das tuas idiotices tão... Idiotas (?)
Por muitas vezes eu me perguntei o que eu seria capaz de fazer por você? E nessas muitas vezes eu respondi a mim mesma que eu seria capaz de fazer o que fosse por você, mas o tempo me mostrou que não seria justo eu fazer tudo por você, enquanto você estava distante demais de ao menos pensar em fazer simples coisas por mim, eu me questionei então se amizade não estava relacionado a dar sem esperar nada em troca, e a resposta veio de algum lugar que eu desconheço, me dizendo que eu estava me doando demais para alguém que não estava mais querendo receber, então eu entendi, e simplesmente passei a fazer por você, o pouco que você passou a fazer por mim, certo ou errado tal atitude? Eu não sei, afinal, seria egoísmo pensar um pouco em mim apenas?
Estamos distantes agora, eu sei, mas aqui no meu coração você ainda permanece perto, e nunca deixará de ser o meu grande amigo, histórias e momentos estão concretizados nas páginas da minha história, e não se engane, você fez, por muitos anos, grandes parágrafos nesse livro, e embora agora tenham se tornado parágrafos falhos e pequenos ao longo das minhas palavras, você ficou marcado em cada página e sem certeza alguma no que digo, estará marcado por todas as páginas dessa história.

15 escreveram aqui:

Cath disse...

Olá, Christine. Vim conhecer o seu blog e achei muito lindo o seu texto e acredito que tem muito a ver com a minha realidade, pois muitos amigos ficaram para trás depois que eu mudei para a Irlanda, mas ao mesmo tempo nunca deixarão de ser grandes amigos. A vida sempre nos leva a tomar rumos diferentes quer q seja por nossa própria decisão ou por algo que acaba interferindo. Eu acho que viver é isso do contrário, qual seria a graça da vida se fossemos limitados somente a ter um momento>

Se vc quiser visitar o meu blog, sera mtu bem vinda: www.catincollege.blogspot.com

bjussss

Laís Brito disse...

Juro,amei o que tu escreveu,é inspirados e nos faz pensar muito nas amizades ! Tu tem pra ser uma grande escritora (se já não é ) :D

Maria Carolina disse...

Oh my Gosh, chorei ._. Suas palavras pareceram descrever um momento que venho passando, misturado com um pouco de carência e tpm. Lindo, garota, lindo!
xxx

Alexandre Terra disse...

concordo contigo, querer voltar no tempo eé normal..........mas nao vale a pena

Camila Milano (: disse...

Tudo o que passamos na vida é valido pro nossa crescimento, até mesmo as coisas ruins. Mas o pior de tudo é passar por tudo isso e acabar se afastando de quem nos faz crescer, de quem faz parte de tantas e tantas histórias da nossa vida. Gostei do texto, transborda sentimento!
Muito bom, parabéns!

Laís Brito disse...

To seguindo você,adorei demais o texto !

Ana Lu disse...

Ei
=]
Eu acho que a única coisa que pode acabar com uma amizade é realmente a falta de uma das partes, ou claro, das 2.
É triste quando acontece, mas fazer o que.
Pessoas entram e saem das nossas vidas, por mais que gostaríamos que algumas ficassem para frente.
Lindo texto Cris.
Beijos

A princess of Bel-air disse...

muito lindo oqe escreves ^^
se quiser passar no meu http://herickajanine.blogspot.com

Ton disse...

Olha, achei seu blog muito interessante e quero dizer que concordo com o papo de viver o presente sem se esquecer do passado (não dependendo dele).
Você escreve bem, mas poderia pausar mais o texto com pontos e menos vírgulas. O texto que li, "Confusão", foi escrito de forma que deixou o texto um pouco atribulado, despertando desespero com as vírgulas.
Se esquecer um pouco delas e usar mais pontos ou ponto e vírgulas, vai tornar o texto mais leve.
Parabéns!!
BjoOº

Publicidade de Salto disse...

Você descreveu meu relacionamento de 7 anos com uma amiga minha...... adorei mesmo.

Beijo grande!

Carolina.

http://publicidadesaltoalto.blogspot.com/

Renan disse...

Muito legal mesmo, esta super de parabens. muito envolvente.

jaka disse...

amizade boa eh essa que os anos nao apagam.

Wander Shirukaya disse...

Muito bom.
Valorize mesmo suas amizades, pois a amizade tem se tornado cada vez mais efemera, devido ao corre-corre que vc mesma cita.
^^

Escritor em treinamento disse...

O tempo distorce a memória, as pequenezas que agora parecem bobagens tiveram significado e relevância a seu tempo. A amizade é uma forma de amor e, como tal, também supõe eternidade, mas o "pra sempre sempre acaba".

Sei, percebo que a sua saudade e seu sentimento são sinceros, não serei tão pretencioso a ponto de julgar o que acontece nos corações alheios, mas, como quem já se acostumou a se iludir, devo avisar que é fácil se perder nessa tristeza por motivos que também, no futuro, irão parecer bobagem.

KGeo disse...

para alguns o tempo passa rápido demais para outros parece que a vida demora muito

Postar um comentário

Opiniões, elogios e críticas construtivas, são sempre bem-vindas.
Se vier com xingamentos o seu comentário nem irá ser aceito -dik
Não comente "Lindo", "Parabéns!", "Bom!", e coisas do tipo, tenha a dignidade de ler o texto e fazer um comentário decente, por favor!
Voltem sempre ;D