sábado, 5 de junho de 2010

Até onde vai?


O mundo está se perdendo, indo para um caminho sem volta, e as pessoas não se dão conta, não levam a sério, como se tudo fosse uma simples brincadeira, como se o mundo fosse inabalável, mas não, ele não é.
As pessoas abusam de toda a natureza, a enfrentam, pensam que podem contra ela, mas quando acontecem as tragédias, quem é o culpado? Deus? Não... Vocês são os culpados, nós somos os culpados. Mas em tudo é assim, procuramos culpar outras pessoas para nos livrar do peso da culpa.
Ninguém acordou ainda pra perceber que o tempo está acabando, que o nosso tempo está chegando ao fim, talvez, quando acordarem, será tarde demais. A fúria da natureza contra seus ofensores está cada vez maior, e não, ninguém pode pará-la, nos foram dadas chances, e todas foram desperdiçadas, ignoramos como se nada fosse acontecer, mas então o mundo se revoltou... E nós? Coitados... Somos meros mortais a deriva da enorme fúria que está nos esperando.
É apenas o dinheiro que importa a vocês autoridades e superiores hipócritas? É uma conta no banco cheia que importa a vocês sociedade medíocre? Pois então morram só, não nos matem, não matem o mundo, a natureza; ela, nós, não temos culpa da insanidade medíocre que corrói vocês, não somos culpados pela obsessão que têm pelo poder, um pedaço de papel que está acabando com um mundo inteiro. E você, de que lado está? Vamos acordar, vamos deixar de só falar e nos passar por pessoas bonitinhas e conscientes que só falam, mas nada fazem.
Está ficando tarde para agir, mas ainda temos tempo, pouco tempo, e o que nos impede de começar agora? Nada.

" Somente depois da última árvore derrubada, depois do último animal extinto, e quando perceberem o último rio poluído, sem peixe, o homem irá ver que dinheiro não se come. "

(Provérbio Indígena)

2 escreveram aqui:

Chica disse...

LIndo e não podemos desistir nunca.Sempre é tempo de fazer algo !beijos,chica

Jorge Lima disse...

Concordo com tudo! Não podemos olhar para o lixo em nossa volta e fingir que está tudo bem. A culpa é nossa e devemos solucionar o problema.

Postar um comentário

Opiniões, elogios e críticas construtivas, são sempre bem-vindas.
Se vier com xingamentos o seu comentário nem irá ser aceito -dik
Não comente "Lindo", "Parabéns!", "Bom!", e coisas do tipo, tenha a dignidade de ler o texto e fazer um comentário decente, por favor!
Voltem sempre ;D