sábado, 12 de junho de 2010

Um novo alguém


Marcela e Lucas estavam namorando havia quase 3 anos, quem os olhava percebia o quanto se amavam, ela tinha 21 anos e ele 22 anos, eram jovens ainda, mas tinham sonhos, olhavam sempre na mesma direção, eram muito mais do que um casal de namorados, eram amigos e cúmplices.
Em uma tarde de verão, saíram os dois para dar uma volta pela cidade onde moravam, caminharam um pouco, e sentaram-se em um banco que havia por ali, Marcela deitou sua cabeça no colo de Lucas e ele começou a acariciá-la, como sempre, muito carinhoso:
- Amor, eu tenho algo a te contar. - disse ela olhando séria pra ele.
- Aconteceu algo? - disse Lucas em seguida, preocupado.
Então, Marcela soltou um longo suspiro, fechou os olhos por um pequeno momento e lhe responder num sussurro:
- Sim... - e quando ele ia falar algo, ela abriu os olhos, e continuou - Lucas, nós já estamos juntos há quase 3 anos, nos amamos demais e isso é um fato inquestionável, eu sei que talvez isso que eu vá lhe contar agora, possa acabar com tudo que contruímos até aqui, mas eu não posso te esconder isso, sempre vivemos um relacionamento de sinceridade, não quebraria jamais essa nossa cumplicidade... - ao terminar de falar essas palavras, pegou a mão de Lucas carinhosamente e a pousou em sua barriga, e o olhando nos olhos, disse com medo e ao mesmo tempo carinhosamente - eu estou grávida.
Lucas ficou olhando-a sério, sem expressar reação alguma, ela começou a se preocupar e a ficar com mais medo, então disse:
- Fala alguma coisa! Não me deixa angustiada, por favor!
Lucas tirou a cabeça dela de seu colo, e levantou-se ficando de costas pra ela, Marcela com aquele ato, levantou-se do cando no mesmo instante que ele a olhou ainda sem expressar nenhum reação, ela olhando-o começou:
- Lucas não me olhe com essa cara, eu não fiz esse filho sozinha, eu não tinha a obrigação de prevenir ele sozinha, e se você não o qu...
Foi interrompida por Lucas que acabara de puxar ela para si, e a beijado como nunca havia feito antes, a beijou com todo amor que podia, um beijo rápido, mas intenso, separou lentamente os lábios dos dela, e sussurrou com a testa colada na dela e os olhos fechados:
- Marcela, eu não tenho palavras pra lhe dizer o que estou sentindo agora, eu apenas posso dizer que eu nunca poderia ter recebido melhor notícia em toda a minha vida. - ele afastou o rosto do dela, e a olhou - ter um filho com você é o melhor presente que eu poderia ganhar.
Ela ao ouvir tudo aquilo não quis abrir os olhos, apenas sorriu intensamente, e o puxou para ela, o abraçando com todas as tuas forças, sussurrando:
- Eu te amo!
Lucas, retribuindo seu abraço, começou a girá-la no ar, e gritou:
- Eu te amo!
Enquanto Marcela não sabia se ria, se gritava ou se chorava de tanta emoção, e ali, no meio de todo aquele amor, surgia um novo alguém, que sem dúvidas iria receber muito amor.

2 escreveram aqui:

Postar um comentário

Opiniões, elogios e críticas construtivas, são sempre bem-vindas.
Se vier com xingamentos o seu comentário nem irá ser aceito -dik
Não comente "Lindo", "Parabéns!", "Bom!", e coisas do tipo, tenha a dignidade de ler o texto e fazer um comentário decente, por favor!
Voltem sempre ;D